CONTACTE-NOS: 214 146 393geral@clinicacabralbarreto.pt

Clínica Dr. Cabral Barreto

Abdominoplastia

A abdominoplastia é a intervenção cirúrgica que tem como objetivo remover o excesso de pele e de gordura do abdómen e reforçar os músculos da parede abdominal.

Permite melhorar o contorno do abdómen, definir a cintura e pode ser o único método para remoção das estrias abdominais. Não é de modo algum um substituto de um emagrecimento nem uma cura para a obesidade.
Este tipo de cirurgia é, geralmente, procurado por mulheres com laxidez da pele do abdómen, com excesso de gordura e com flacidez dos músculos da parede abdominal o que é frequente surgir após a gravidez, em particular, após a gravidez gemelar. É um tipo de cirurgia procurado por pacientes, quer do sexo feminino quer do sexo masculino com flacidez cutânea após perda de peso importante ou após uma cirurgia bariátrica. 

A abdominoplastia sempre que indicada é efetuada com a vibrolipoaspiração do abdómen quando existe panículo adiposo abundante ou combinada com outras cirurgias tais como histerectomia e correção de hérnias.
A utilização da vibrolipo lipoescultura infra-sónica tem permitido obter melhores resultados no contorno do abdómen.
Existem 2 técnicas de abdominoplastia dependente da quantidade de pele existente acima ou abaixo do umbigo designadas de abdominoplastia completa ou de mini-abdominoplastia.
A abdominoplastia completa é a técnica cirúrgica que permite remover o excesso de pele, apertar os músculos subjacentes em toda a área abdominal e transpor o umbigo.
A mini-abdominoplastia é a técnica que remove o excesso de pele apenas abaixo do umbigo e aperta os músculos abdominais inferiores mantendo inalterada a posição do umbigo. As indicações para uma mini-abdominoplastia são raras e apenas utilizadas em mulheres com excesso de pele abaixo do umbigo.
Esta cirurgia é realizada sob anestesia geral ou epidural e dura entre três a quatro horas numa abdominoplastia completa e cerca de hora e meia no caso da mini-abdominoplastia.

A incisão é realizada acima do púbis e ascende em direção às cristas ilíacas; quando existe uma cesariana prévia, é utilizada essa cicatriz.
É efetuada a reparação dos músculos retos abdominais e, ou dos músculos oblíquos o que permite obter um abdómen plano e bem delineado com definição da cintura.
Se existirem hérnias devem ser reparadas.
A incisão é encerrada e recolocado o umbigo na sua posição normal sempre que se realiza uma abdominoplastia completa. Deve ser usada uma cinta de contenção cerca de 1 mês.
Drenagens linfáticas são iniciadas uma semana após a cirurgia.
O retorno à atividade profissional é efetuado entre duas a quatro semanas.
Exercícios mais vigorosos poderão ser realizados ao fim de seis semanas.
A abdominoplastia é considerada 1 procedimento seguro se os pacientes seguirem cuidadosamente as instruções que recebem do seu médico nomeadamente a paragem de fumar e a profilaxia do tromboembolismo. Um dos problemas mais comuns após uma abdominoplastia é a existência de seromas que devem ser aspirados. Na maioria dos casos a cicatriz fica escondida pelo bikini.

O resultado final da abdominoplastia é expectável ao fim de 6 meses, no entanto, logo após a cirurgia é possível verificar a modificação da forma e do volume do abdómen.
Este tipo de cirurgia tem vindo a ser cada vez mais procurado dado tratar-se de um procedimento seguro e com resultados excelentes.